Arquivo do mês: maio 2009

“Além dos Muros”

entre%20muros

“O que adianta eu falar se eu não sentir? O que adianta eu sentir se eu não viver? Palavras são apenas palavras, quando ditas por dizer”

Além dos Muros é uma canção composta por um grande amigo e irmão de caminhada, que Deus colocou em minha vida. Entre março e maio deste ano, PV escreveu a letra e a encaixou em uma bela melodia.

Para nós cristãos, existe um grande desafio diário. Ser testemunho vivo, “além dos muros” de nossas igrejas e de nossas casas.

A visão deste irmão ao compor a música, certamente alcançou um estágio elevado de sensibilidade. Enxergar além, tentar ser cada dia melhor, buscar as coisas do alto, são pontos que podem ser lidos nesta canção.

“É tão cômodo ser cristão, dentro da igreja. Nada que seja tão difícil de se dissimular. O verdadeiro desafio está, além dos muros. Seja para o mundo, um exemplo do que você quer pregar”.

Certa vez foi dito, que para ser santo, antes seria indispensável ser muito humano. Conviver com as alegrias e tristezas, com nossas virtudes e com nossas fragilidades.

O Pai comprova isso, ao se tornar homem, na forma de Seu Filho, Jesus Cristo, que nasce como todos nós em uma família, cresce em uma sociedade desigual, dogmática e violenta e que por fim é morto em carne, e revivido conforme as Sagradas Escrituras prediziam. Reparemos que Cristo viveu em comunidade, conquistou amigos, irmãos de caminhada, perseguidores, familiares e desconhecidos. Provavelmente, por sua imensa sensibilidade, sofreu com a morte de seu Pai-adotivo, José e de seu primo e anunciador João Batista.

Sendo homem, se tornou santo, provando-nos que mesmo padecendo da carne seguiu a vontade do Pai.

“Eu tento imaginar, o testemunho que eu quero ter. Mas eu não posso evangelizar, se antes eu não me convencer”.

Um dia chega o momento de você passar tudo de bom, que Deus lhe deu, para os outros. Mas é necessário ter fé e vivenciar o que queres testemunhar.

Lutar dia-a-dia, confiantes em Deus e em nós, ao lado de nossos irmãos! É isso que Ele nos pede. Ir mais longe, ir além…”Além dos Muros”.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

“A Face de Deus”.

 

Gruta_imagemCreio que todos nós, ou pelo menos a maioria,  já se perguntou como seria “A Face de Deus”.

A busca desta  resposta, trás nas suas entre linhas, a necessidade humana de perceber e compreender o mundo ao seu redor, utilizando os sentidos(visão, audição, tato, paladar e olfato).  Estes sentidos podem facilitar o contato com o Pai, mas também podem atrapalhá-lo. Quando nos dispomos a algo, geralmente o resultado é muito satisfatório…será que nos dispomos a ver Deus?

Alguns se perguntam – “Mas será que Deus existe?”. A grande parte duvida, por não conseguir enxergá-lo e tocá-lo. (Complexo de Tomé, não é mesmo?).

Em verdade eu vos digo –“Eu não vi Sua Face, ainda, mas pude percebe-Lo nos olhares de pessoas amigas, escutá-Lo nas palavras de pessoas que não conhecia antes, senti-Lo na força de vontade, de vida, que me motivaram e motivam nos momentos de dificuldade e pude vive-Lo junto com tantas pessoas e vidas que cruzaram a minha nestes anos.

Costumo partilhar com os jovens, os quais Ele utiliza como principais ferramentas na minha lapidagem, juntamente com os irmãos mais pobres, que quando eu tinha 13 anos de idade, tinha como desejo explicar todas os fatos através da razão filosófica. Com isso, buscava colocar Deus em uma equação…jamais consegui, por que não é possível.

Se Deus é branco, pardo, mongol ou negro; magro, esbelto ou gordo; homem ou mulher, não sei responder, mas acredito que não estarei errado em responder que Ele é de todas as formas, cores e gêneros existentes.

No livro de Gênesis(livros das origens), notamos toda a Obra da Criação, chegando ao extremo quando lemos:

 

“Então Deus disse: “Façamos o homem à nossa imagem e semelhança”.(GEN. 1 – 26a).

 

Por alguns instantes noto que Ele não está só. Meus irmãos como nós, Ele não está e escolhe não está.

 

“Deus criou o homem à sua imagem; criou-o à imagem de Deus, crio o homem e a mulher”(GEN. 1 -27).

 

Aqui, talvez a resposta. Olhe para o outro e veja Deus! Esteve ai, está ai…a tanto tempo, a todo o tempo. Porque não o vemos? Você está disposto a ve-Lo? Abra os olhos…do corpo e da alma.

“Sozinhos somos NADA, juntos somos CRISTO”.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

“Escolhe, Pois a Vida”

Campanha-da-Fraternidade---escolhe pois a vidaEntre armas químicas e o orgulho
Meu filho, escolhe pois a vida.
O orgulho nos envenena,
Como as notícias que o jornal publica.

Entre a justiça e um cheque em branco,
Cristão, escolhe pois a vida.
Sabes que a justiça é cega,
Se não vê como pode julgar?

Entre o desespero e a fé em Deus,
Minha filha, escolhe pois a vida.
A fé é o que nos alimenta
Nesse país com gente sem comida.

Entre palavras belas e a verdade
Povo de Deus, escolhe pois a vida.
A verdade já virou descaso.
Segundo um jornaleco popular.

Entre o aborto e o abandono ao idoso
JOVEM, escolhe pois a vida
A vida idosa que o amor esqueceu
E o bebê com a vida em suas mãos.

Escrevi em março de 2008 enquanto ouvia Chico Buarque, inspirado por Deus e pela Campanha da Fraternidade. De todas as Campanhas esta, de fato, foi a que mais vivi.

Deixe um comentário

Arquivado em campanha da fraternidade