Arquivo do mês: agosto 2009

“Corta Pulsos”.

Quanto vale a vida?
Faço essa pergunta todas as vezes que a vejo sendo desvalorizada.
A alguns meses conheci um rapaz, que por alguns motivos chegou ao desespero de buscar a morte.
Nada parecia fazer sentido para ele…ele se tornou um “corta pulsos”.
Senti que Deus me chamava a ir na casa dele, chegando lá, vi toda a cena.
Ele tentava fugir da família. Três pessoas tentavam segura-lo.
Ele não ouvia ninguém.
Eu entrei, falei.
Ele me ouviu.
Conversamos muito e fomos ao hospital, para dar uns pontos no pulso.
Naquele dia, Deus me chamou a amar, mas uma vez.
Eu ouvi o que Ele me disse.
E por isso, mais uma vez estou aqui.
Muito obrigado pela minha vida, pelas vidas de todos os que amo, pela vida dos que não consigo amar, ainda.
Agradeço pelas vidas que pude ver ser salvos, por Ti, através de mim.
Recebi um chamado Teu…sinto que devo dizer sim!
"Veja minhas chagas de amor!"

"Veja minhas chagas de amor!"

O cúmulo da fé,

Acreditar sem ter visto.

O cúmulo da dor,

É viver a remediar.

 

Entre os cem melhores meios,

Eu fico com o zero.

Mas a neutralidade não sai do seu lugar.

 

Por que não pode ser,

Sempre como eu quero?

Qual a solução?

Qual a hora e o lugar?

 

Ora bolas, oro a Deus, na hora que eu quero.

Se a hora é essa,

Te desafio a me fazer acreditar.

 

"a covardia muitas vezes, nos leva ao desespero, ai só nos resta Deus. Nos resta TUDO".

"a covardia muitas vezes, nos leva ao desespero, ai só nos resta Deus. Nos resta TUDO".

É fácil, faço a faca, o fino ferimento.

E enquanto espero vejo o sangue jorrar.

Não escutarei o grito do lamento.

Pois sou um…”corta pulsos”.

 

A vida não parece brincadeira,

Quando se brinca de matar.

E a matança de si mesmo,

Parece um besteira.

“Experimente estar no meu lugar”.

 

Acredite se quiser,

Já tentei de muitas maneiras.

De muitas formas…

…Sair desse lugar…

…Um mundo de certas incertezas.

Em esperança?

Quero acreditar!

 

"se puder escolher, Senhor, escolho ficar, servir e amar".

"se puder escolher, Senhor, escolho ficar, servir e amar".

Vejo um anjo e logo choro.

 

Ele diz: – “Ela morre por último”.

 

Eu respondo: “Prefiro esperar”.

 

Ele fala do céu,

Mas não vejo suas asas e as tento imaginar.

 Olho seu rosto, tão humano.

Ele me responde: “Eu escolhi ficar e lutar”.

 

“Eis-me aqui, Senhor!”.

 

“Sozinhos somos NADA, juntos somos CRISTO”.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized