Arquivo da tag: abandono

“Pai, porque me abandonastes?”

jesus-na-cruz_pai porque me abandonastes

Pergunto sem esperar uma resposta, pois creio saber a da grande maioria.

Já se sentiu abandonado por todos, inclusive por Deus?

Jesus Cristo, exclamou na Cruz: “Eli, Eli, láma azavtani”.(Mat. 27;46).

“Senhor, Senhor, porque me abandonastes?”

E Ele realmente o abandonou!?

Quantas mães já devem ter dito isto?

Ao verem um filho ser morto a sua frente, por deverem ao tráfico de drogas ou por policiais que o julgaram culpado. Que vêem seus filhos recém nascidos padecerem em um hospital. Que pela terceira ou décima vez, sofrem um aborto espontâneo, e se sentem as totais culpadas pela perda.

Minha família e eu nos deparamos com essa questão à 10 anos atrás.

Eu estava para completar 11 anos e minha mãe estava grávida de minha irmã, Maria Clara. Meu pai era a cabeça da família, a razão nas decisões, minha mãe era o coração e eu me portava como qualquer outro membro do corpo, que possuísse uma importância menor(hoje me pergunto se há a tal diferença de importâncias, entres os membros deste corpo).

Em uma noite do mês de abril, eu tive um sonho, onde tudo era escuridão. No meio da escuridão, podia ouvir a voz de uma criança, uma menininha, que me chamava, pedindo socorro.Ao acordar, me vi deitado no velho sofá da casa de meus avós, em São Cristóvão, onde eu havia adormecido. Levantei, fui até a cozinha e tomei o café da manhã, que minha avó havia preparado. Perguntei por minha mãe e ela me respondeu que ela tinha ido a uma consulta. Menos de 2 horas depois, minha mãe retornou, com meu pai, meu avô e creio que como minha tia. Todos chegaram muito calados. Mal chegaram, e eu comecei a contar meu sonho. Minha mãe ouvindo, começou a chorar.

Ela já estava morta, em seu ventre!

A sua filha, a amada Maria Clara!

Minha irmãzinha, que eu tanto esperei!

Alguns dias depois(acredito que 2), foi feito o procedimento do parto, pois ela já era um ser humano formado.

Eu fui o último a ficar sabendo e creio que isso me fez minha dor ser ainda maior.

 Minha mãe disse que ela parecia comigo. O nariz, a boca desenhada, o tom de pele.

Hoje, passados esses 10 anos, sei que Clara, melhor do que qualquer um de nossa família, cumpriu sua missão. Através dela, Deus, mudou toda a estrutura e a forma de enxergar e de pensar de minha família.

“Sei que você, minha pequena e amada irmã, foi e é essencial, para que eu chegasse até aqui. Você sempre estará junto de nós, mesmo não sendo como nós tanto desejávamos. Muito obrigado!”

“Pai, agora posso ver que não nos abandonastes! Seu Filho provou da dor como nós, agiu por amor ao acatar o pedido de sua mãe e na cruz, no cume do sofrimento, se sentiu abandonado. Mas Ele permaneceu fiel e a Ti entregou o espírito.”

Dedico essa postagem a todos aqueles que foram abandonados, pois quando não temos mais nada, só nos resta Deus…por isso temos tudo!

Se sua vida hoje é um deserto, meu irmão, minha irmã, saiba que nas mãos de Deus, ele se torna fértil!

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized